Resolver problemas – A vocação do self storage

Por 21 de maio de 2020 Blog

Um dos principais motivos para investir num self storage, é entender a sua utilidade para quem vive em grandes centros urbanos. Não é à toa que a atividade é considerada nos EUA, como “a prova de crise” e, há décadas, apresenta taxas de crescimento constantes e significativas. No Brasil, isso também vem acontecendo e, infelizmente, desde que o setor ganhou impulso em 2014, não tem faltado oportunidades para testá-lo.

Como em pesquisa realizada pela BRAIN Inteligência Corporativa em novembro de 2019, verificou-se que apenas 10% dos seus potenciais usuários sabem do que se trata, nunca é demais explicar: Self storage é a locação temporária de espaços individuais (box) para auto guarda de bens e mercadorias.

Os boxes são locados através de contratos mensais que podem ser rescindidos a qualquer momento sem multas ou penalidades, possuem tamanhos variados e, somente o locatário ou pessoas por ele autorizadas podem acessar o seu interior. O transporte e a movimentação do conteúdo, tanto interna como externamente, são feitos exclusivamente pelo usuário. Resumindo, self storage, é uma forma simples e flexível de alugar espaço.

Estamos vivendo uma crise sem precedentes, e mais uma vez assistimos nossos negócios enfrentarem turbulências, mas a tendência, é de que as taxas de ocupação continuem a subir.

Com as pessoas ficando mais tempo em casa, é natural que passem a investir mais na sua organização. Alguns ambientes precisam ser adaptados a atividade de home office, outros para oferecer maior conforto, e tudo isso requer que móveis e objetos sejam retirados ou substituídos. Enquanto não se decide exatamente o que fazer com o excedente, utilizar um box é uma excelente ideia.

Muitas empresas estão fechando ou reduzindo seus escritórios, e enquanto o cenário econômico não fica claro, guardar móveis, equipamentos, arquivos e outros bens num self storage, permite a rápida devolução de imóveis alugados. Esta medida possibilita a redução de custos fixos de forma rápida e na medida certa. Uma vez eliminada a incerteza, a solução pode ser adotada de forma permanente, ou basta rescindir o contrato e retirar seus pertences sem nenhum tipo de sanção.

Por último, o e-commerce, que já vinha ganhando corpo, finalmente se apresenta como uma alternativa concreta para a cadeia logística de indústrias, atacadistas e varejistas. As mais de 360 unidades de self storage existentes no país, são uma excelente alternativa e, estão sendo cada vez mais utilizadas devido a sua capilaridade e custos altamente competitivos.

Dito isso, fica aqui o lembrete para quem nos conhece e, uma breve apresentação do que podemos representar para quem ainda não sabia da nossa existência.

Muito prazer, somos o setor de self storage e, estamos aqui para lhe ajudar a resolver os seus problemas.

Faça um Comentário